Quem é o Eu Sou? 7- Um Deus que não esquece, mas se esquece.

Imagem relacionadaVocê já parou para reconhecer a dádiva que é o esquecimento? Imagina o caos que seria caso pudéssemos lembrar de cada episódio que vivemos como se ele houvesse ocorrido há alguns momentos atrás. É verdade que isso nos permitiria desfrutar continuamente dos sentimentos felizes gerados na vivência de boas experiências, porém também precisaríamos conviver com a contínua lembrança das dores, angústias, frustrações e traumas que tivemos. Seria tanta dor a administrar que dificilmente conseguiríamos manter o equilíbrio suficiente para nos concentrar nas memórias agradáveis. Além disso, como seria possível estabelecer relacionamentos sendo obrigados a ter em sua mente, a vívida lembrança de cada decepção, traição e dor que tenham lhe causado. Como perdoar e sentir seu coração leve se a lembrança não pode ser atenuada ou até apagada com o tempo? Dificilmente você conseguiria desfrutar uma verdadeira paz em qualquer relacionamento. Porém, nós esquecemos! E desta forma podemos ser felizes ao viver e nos relacionar. Pois mesmo os maiores problemas e traumas podem ser perdoados e, se não esquecidos,  sua memória vai se desvanecendo com o tempo.

E Deus, será que ele se esquece? Para começar, pensemos o seguinte: Se afirmarmos que ele se esquece, significa dizer que há uma informação ou experiência que se tornou inacessível para a mente do Todo Poderoso, algo no mínimo contraditório. Pois como aquele que detêm o poder de criar todo o universo apenas com  suas palavras é incapaz de acessar uma informação contida em sua mente. Além disso, afirmar que Deus esquece implicaria em colocar o criador do tempo sujeito, ou limitado, por sua criação. Tal como ele mesmo se apresenta ao apóstolo João: “Eu sou o Alfa e o Ômega, o Primeiro e o Último, o Princípio e o Fim.“(Ap 22:13), Deus não é limitado pelo tempo. Portanto, Deus não apenas experimenta o presente, mas diante dele está o passado, o presente e o futuro em conjunto. Por essas razões, afirmar que Deus esquece vai de encontro a sua própria natureza e poder.

Pois bem, se Deus não esquece, como explicar sua declaração em: “Sou eu, eu mesmo, aquele que apaga suas transgressões, por amor de mim, e que não se lembra mais de seus pecados.” (Isaías 43:25). Para entender, é preciso lembrar o que significa esquecer. Esquecer, de forma direta, seria não ter acesso a uma memória. Contudo, se mesmo tendo acesso a tal memória, fôssemos capazes de agir como se tal informação não existisse, efetivamente seria como se houvéssemos esquecido. E com o efeito do tempo, tal memória , mesmo não nos afetando ainda, vai sendo esquecida até não ser mais lembrada. Entretanto, para um ser que é Todo Poderoso e não limitado pelo tempo, não há como esquecer. O ontem é hoje, e o amanhã é agora. Então, para Deus, esquecer significa ainda ter acesso a informação mas agir como se ela não existisse.  Mas do que ter acesso a informação, as experiências que Deus tem são continuamente vívidas, mas mesmo assim ele não as leva em consideração ao perdoar. Você consegue entender o que isso nos mostra a respeito do caráter de Deus?

Quando nós perdoamos, mesmo que ainda doa, com o tempo esqueceremos. Sendo assim, demonstramos o nosso amor ao nos dispor a não mais acessar a memória de uma experiência desagradável, e com a benção do esquecimento, poderemos em fim viver como se o trauma não houvesse ocorrido. Mas Deus, ao se esquecer, ainda tem a experiência nitidamente em sua mente, mas ela não tem qualquer efeito sobre ele, pois o seu amor por quem ele perdoa sobrepuja qualquer frustração e decepção que possa sofrer por ainda lembrar.

Esse reconhecimento leva a experiência de Jesus, ao deixar o trono do céu repleto de amor e felicidade e descer a um mundo cheio de egoísmo e dor, a outro nível de sacrifício. Pois como um Deus não pode se esquecer de fato, apenas de efeito. Cada dor e sofrimento vivido por Cristo nesta terra estará continuamente marcado em sua memória, mas não afetará o seu amor por cada ser vivo que salvou. Esse, com certeza, é um Deus com quem vale a pena se relacionar. Ele pode saber tudo o que você fez, como se tivesse praticado ontem, mas te ama como se nunca você houvesse errado. Isso é o que significa Deus esquecer!

Deus lembra, mas esquece, porque te ama!

 

Deixe uma resposta